Investiduras da Lugar-Tenência de Portugal

 

Depois da renovação da Ordem ocorrida em 1967, a Lugar-Tenência de Portugal realizou as seguintes cerimónias de investidura:

(a primeira data refere-se à Velada de Armas e a segunda à Investidura propriamente dita)

 

18.ªs Cerimónias de Investidura – 18 e 19 de Outubro de 2014, na Sé Nova de Coimbra

17.ªs Cerimónias de Investidura – 14 e 15 de Dezembro de 2013, na Sé de Angra, nos Açores

16.ªs Cerimónias de Investidura – 2 e 3 de Outubro de 2012, na Basílica do Santo Sepulcro em Jerusalém

15.ªs Cerimónias de Investidura – 12 e 13 de Outubro de 2011, na Sé Catedral de Évora

14.ªs Cerimónias de Investidura – 4 e 5 de Outubro de 2010, na Basílica do Santo Sepulcro em Jerusalém

13.ªs Cerimónias de Investidura - 17 e 18 de Outubro de 2008, na Sé Patriarcal de Lisboa

12.ªs Cerimónias de Investidura – 27 e 28 de Outubro de 2006, na Igreja dos Mártires em Lisboa

11.ªs Cerimónias de Investidura – 23 e 24 de Outubro de 2004, na Sé Patriarcal de Lisboa

10.ªs Cerimónias de Investidura – 27 e 28 de Setembro de 2002, na Real Colegiada de Nossa Senhora da Oliveira em Guimarães

9.ªs Cerimónias de Investidura – 13 e 14 de Outubro de 2000, no Mosteiro dos Jerónimos

8.ªs Cerimónias de Investidura – 10 e 11 de Junho de 1998, na Sé Primacial de Braga

7.ªs Cerimónias de Investidura – 11 e 12 de Maio de 1995, no Mosteiro da Batalha

6.ªs Cerimónias de Investidura – 3 e 4 de Dezembro de 1993, na Sé Patriarcal de Lisboa

5.ªs Cerimónias de Investidura – 11 e 12 de Outubro de 1991, na Sé Primacial de Braga

4.ªs Cerimónias de Investidura – 6 e 7 de Julho de 1990, na Sé Patriarcal de Lisboa

3.ªs Cerimónias de Investidura – 2 e 3 de Dezembro de 1989, na Sé Primacial de Braga

2.ªs Cerimónias de Investidura – 5 e 6 de Novembro de 1988, na Sé de Angra do Heroísmo

1.ªs Cerimónias de Investidura – 15 e 16 de Janeiro de 1988, na Sé Patriarcal de Lisboa

 

 

18.ªs Cerimónias de Investidura – 18 e 19 de Outubro de 2014, na Sé Nova de Coimbra:
Contando com a presença de quase uma centena de Cavaleiros e Damas da Lugar-Tenência de Portugal e sob a presidência de Sua Eminência o Cardeal Grão-Mestre Edwin Frederick O’Brien tiveram lugar em Coimbra, nos dias 18 e 19 de Outubro de 2014, as cerimónias de investidura de 19 novos membros da Ordem, entre os quais Sua Excelência Reverendíssima o Senhor D. Virgílio Antunes, Bispo de Coimbra.

 

No dia 18 de Outubro, Sábado, o programa oficial iniciou-se, pelas 17h30, com a reunião do Capítulo Geral, na Quinta das Lágrimas, onde se procedeu, perante os Cavaleiros e Damas portugueses, à apresentação individual dos Candidatos, tendo S. Ex.ª o Lugar-Tenente feito uma exposição sobre as actividades realizadas no ano e a verdadeira missão da Ordem. Pelas 21h00, teve início a Vigília e a Velada de Armas na Igreja do Mosteiro de Santa Cruz, com tão fortes ligações à Terra Santa e à fundação de Portugal. Relembre-se que o principal promotor da fundação deste Mosteiro foi o Arcediago da Sé de Coimbra, D. Telo. Justamente com onze companheiros – entre os quais se contava seu sobrinho, São Teotónio (primeiro Santo Português e primeiro Cónego Português do Santo Sepulcro de Jerusalém) e o futuro Arcebispo de Braga.

 

Presidiu à Cerimónia o Rev.mo Cerimoniário Eclesiástico da Lugar-Tenência Cav. Com. Padre Gonçalo Portocarrero de Almada, sendo concelebrantes os Sacerdotes da Ordem presentes, designadamente Sua Excelência Reverendíssima o Cónego António Marim e os Rev.mos Padres João Maria de Sousa Mendes e Miguel Soares d'Albergaria d’Aguiar. Presentes, ainda, o Vigário-Geral da Diocese e Candidato Rev.mo Padre Pedro Carlos Lopes de Miranda e o Prior da Igreja de Santa Cruz, Rev.mo Padre Anselmo Ramos Dias Gaspar.

 

Participaram na Velada de Armas perto de uma centena de Cavaleiros e Damas da Ordem, designadamente, SS.AA.RR os Duques de Bragança, S. Ex.ª o membro do Grão-Magistério Conde de Rezende, S. Ex.ª o Lugar-Tenente Dr. Gonçalo Figueiredo de Barros, membros do Conselho da Lugar-Tenência, os Presidentes das Delegações Norte, Centro e Sul e a Secretária do Conselho da Delegação dos Açores.

 

No âmbito desta cerimónia cumpriu-se o ritual da bênção das capas e insígnias dos candidatos, da assinatura do respectivo compromisso de cavaleiro e da formalização das promoções ao grau de Comendador do Rev.mo Cónego António Marim, do Chanceler D. Nuno de Bragança van Uden, do Presidente da Delegação Norte Manuel Pinheiro Torres e dos Cavaleiros Dr. D. Pedro Maria da Cunha José de Mello, Eng.º Luís Manuel Mexia Chaves Costa e Coronel Bartolomeu Nuno de Guanilho da Costa Cabral e, ainda das Damas Maria de Fátima de Barahona e Silva e Maria Virgínia de Sales Dias Bravo Chaves Costa.

 

No dia seguinte, realizou-se com início às 12h00, na Sé Nova, com a maior solenidade a cerimónia de Investidura de 19 novos Cavaleiros e 1 Dama, presidida por Sua Eminência Reverendíssima o Senhor Cardeal Grão-Mestre da Ordem, que propositadamente se deslocou a Portugal para o efeito, na véspera de um Consistório convocado pelo Papa Francisco sobre os cristãos do Próximo Oriente.

 

Na cerimónia de Investidura concelebraram Sua Excelência Reverendíssima o Senhor Bispo de Coimbra D. Virgílio do Nascimento Antunes, o Reitor da Sé Nova de Coimbra, Reitor Rev. Cónego Sertório Baptista Martins, o Secretário do Cardeal Grão-Mestre, Rev.mo Padre Ernst Cibelli, e os referidos Sacerdotes da Ordem presentes, com excepção do Senhor Cónego António Marim que teve de partir na véspera

 

Presentes todos os membros da Ordem referidos anteriormente, e delegações das Lugar-Tenências do Canadá e de Espanha Oriental, esta última representada por S. Ex.ª o Lugar-Tenente Enric Mass. Como convidados estiveram delegações da Ordem Soberana Militar de Malta, da Real Ordem da Nossa Senhora da Conceição de Vila Viçosa, da Real Ordem da Rainha de Santa Isabel, entre as mais de 150 pessoas presentes

 

No almoço de encerramento, após discurso de S. Ex.ª o Lugar-Tenente e de Sua Eminência o Cardeal Grão Mestre, foi-Lhe oferecido, como recordação desta Sua visita a Portugal, um belo desenho do primeiro Mosteiro da Ordem em Portugal e na Península Ibérica, da autoria da Dama Senhora Marquesa de Lavradio.

 

Estas cerimónias marcaram o arranque da Delegação Centro, cujo cargo de Prior foi assumido pelo Senhor Bispo de Coimbra, que fora investido nesse dia, assumindo o cargo de Presidente o Cav. Com. Dr. António Felgueiras e o de Cerimoniário Eclesiástico o Rev.mo Padre Pedro Carlos Lopes de Miranda, também investido na mesma Cerimónia.

 

Candidatos investidos:

- D. Virgílio do Nascimento Antunes, Bispo de Coimbra
- Padre Pedro Carlos Lopes de Miranda, Vigário-Geral da Diocese de Coimbra
- Dr. Álvaro Manuel Nogueira Barba de Menezes
- Dr. António Carlos Perry de Azeredo Pinto e Melo
- Dr. António José Santos Silva Casa Nova
- Prof. Doutor António José Vasconcelos Franco Gomes de Menezes
- Dr. João António Lourenço Tomé Fèteira
- Dr. João Francisco da Rocha Pereira
- Dr. João Manuel de Azevedo Costa Calheiros Lobo
- Dr. Joaquim Leandro Monteiro Costa Nora
- Dr. José Afonso de Almada Cardoso Tavares da Silva
- Dr. José António de Castilho de Morais Sarmento Moniz (Visconde do Banho)
- Com.te José Pedro do Monte Ferreira Moniz Botelho
- Dr. José Pedro Soares de Albergaria Côrte-Real
- Dr. José Prudêncio da Silva Santos Andrade
- Alm.te Luís Manuel Fourneaux Macieira Fragoso
- Prof. Doutor Manuel António Garcia Braga da Cruz
- Prof. Doutor Manuel João de Azevedo Costa Calheiros Lobo
- Prof.ª Doutora Maria João Rodrigues de Araújo

 

17.ªs Cerimónias de Investidura - 14 e 15 de Dezembro de 2013, na Sé de Angra, nos Açores:
Pela segunda vez, em 25 anos, realizou-se na cidade de Angra uma Investidura de Cavaleiros e Damas da Lugar-Tenência de Portugal da Ordem do Santo Sepulcro.

 

O programa oficial iniciou-se no dia 14 de Dezembro, pelas 17h00, com a reunião do Capítulo Geral, no Garden Hotel Angra, onde se procedeu, perante os 24 Cavaleiros e Damas portugueses, à apresentação individual dos 10 Candidatos, tendo S. Ex.ª o Lugar-Tenente feito uma exposição sobre as actividades realizadas no ano e a verdadeira missão da Ordem. Seguiu-se, pelas 18h30, uma recepção nos Paços do Concelho de Angra, oferecida pelo Senhor Presidente da Câmara Municipal, Eng.º José Álamo Meneses, para toda a comitiva da Ordem, que integrava cerca de 50 pessoas, e entidades oficiais, onde foi servido um Verdelho de Honra.

 

A Vigília da Velada de Armas realizou-se pelas 21h30, na belíssima Igreja do Convento de São Gonçalo, fundado em 1542, tendo sido presidida pelo Cerimoniário Eclesiástico da Delegação dos Açores, Rev.mo Cav. Com. Padre João Maria de Sousa Mendes. Nesta cerimónia, foi exposto o Santíssimo e benzidas as insígnias e capas dos Candidatos, tendo-se procedido à entrega solene das insígnias de Comendador aos Cavaleiros Prof. Doutor Fernando Manuel Adão da Fonseca, Tesoureiro da Lugar-Tenência de Portugal, Dr. António Maria de Bourbon e Couto Tovar de Magalhães e Menezes (Felgueiras), Cerimoniário Leigo, D. Miguel de Bragança van Uden e Marquês de Lavradio, ambos Conselheiros, General Vasco da Rocha Vieira, Rev. Padre João Maria Borges de Sousa Mendes, Cerimoniário Eclesiástico dos Açores, Francisco Manuel Magalhães Castel-Branco Mascarenhas, Representante da Lugar-Tenência em Fátima, Dr. José Manuel Mira Mendes Furtado, Chanceler da Delegação Norte, e ao Visconde de Sanches de Baena, Cerimoniário Leigo Auxiliar. Na mesma ocasião, forma entregues as insígnias de Dama de Comenda às Senhoras Dr.ª Maria Serafina de Menezes Simões, Secretária da Delegação dos Açores, e Dr.ª Isabel Maria Gonçalves Folhadela de Oliveira Mendes Furtado e Dr.ª Aura Maria Vistas Miguel, e imposta a condecoração da Palma de Jerusalém, em ouro, à Dama Grã-Cruz Maria Helena Gonçalves Folhadela.

 

No dia 15 de Dezembro teve lugar a solene cerimónia de Investidura dos novos Cavaleiros e Dama, presidida por Sua Excelência Reverendíssima o Senhor Bispo de Angra e Prior da Delegação dos Açores, D. António de Sousa Braga, na Sé Catedral de Angra, coadjuvado pelo Rev. Prior da Sé Mons. Hélder Manuel Cardoso da Fonseca de Sousa Mendes, pelo Cerimoniário Eclesiástico da Delegação dos Açores e vários outros Sacerdotes. Nesta cerimónia foram investidos Cavaleiros os Rev.mos Mons. José Bettencourt, Chefe de Protocolo do Vaticano, e Mons. António de Saldanha e Albuquerque, Oficial da Congregação para a Causa dos Santos, ambos no grau de Comendador, e os Ex.mos Senhores Dr. Aurélio Henriques Silva Franco da Fonseca, Dr. Gonçalo Vaz da Câmara de Medeiros do Botelho (Visconde do Botelho), Dr. Luís João Ramos da Costa Moules, Dr. Luiz de Albuquerque Veloso, Conselheiro da Embaixada de Portugal junto da Santa Sé, Eng.º Luís Maria Cabral Soares d’Albergaria (Visconde da Torre de Moncorvo), Dr. Mário Damiense de Carvalho Toste, Dr. Pedro Moreira de Almeida Queiroz de Barros, todos no grau de Cavaleiro, e Dr.ª Maria João Chancerelle de Machete de Medeiros do Botelho (Viscondessa do Botelho), como Dama. Após a celebração, na Capela afecta à Ordem no interior da Sé – Capela do Senhor dos Aflitos – foi descerrada, juntamente por Sua Excelência Reverendíssima o Senhor Bispo de Angra e S. Ex.ª o Lugar-Tenente, uma placa comemorativa das duas Investiduras, sendo, nesse acto, colocado o Estandarte da Delegação, que passará a assinalar aquele local sagrado como espaço de devoção da Ordem. A solenidade desta Cerimónia foi de grande beleza para a qual contribuiu o magnífico Coro da Sé com a sua orquestra, superiormente dirigido pelo seu Director o Rev. Padre Duarte Manuel Gonçalves da Rosa e a coordenação na parte litúrgica do Senhor Cerimoniário Eclesiástico Adjunto, Rev. Cav. Padre Miguel d’Aguiar e, na parte Protocolar, do Senhor Cerimoniário Leigo, Cav. Com. Dr. António Felgueiras, auxiliado pelos Senhores Cav.s Com.s Dr. José Manuel Furtado, Francisco de Mascarenhas e Visconde de Sanches de Baena.

 

Pelas 13h00 toda a comitiva, que integrava o Membro Honorário do Grão Magistério, S. Ex.ª o Prof. Aldo Maria Arena, composta pelos cerca de 40 membros da Ordem e convidados que vieram do Continente e os Confrades açorianos, foram recebidos por S. Ex.ª o Embaixador Pedro Catarino, Representante da República na Região Autónoma dos Açores, que ofereceu um almoço na sua residência em homenagem aos membros da Ordem e no qual proferiu um discurso que muito honrou a Ordem e todos os presentes. Após as palavras de agradecimento do Senhor Lugar-Tenente e do simpático discurso de encerramento do Senhor Prof. Aldo Maria Arena, com o regresso ao Angra Garden Hotel situado no Centro Histórico de Angra do Heroísmo (património mundial da UNESCO), e embarque para Lisboa, ficou concluído o programa.

 

16.ª Cerimónias de Investidura, na Basílica do Santo Sepulcro em Jerusalém – 2012:
Decorreram em Jerusalém, nos dias 2 e 3 de Outubro, integradas na Peregrinação à Terra Santa que envolveu setenta e cinco peregrinos portugueses, entre os quais quarenta e um membros da Ordem.

 

Sob a Graça da Bênção Apostólica do Santo Padre, recebida em Roma, e estimulada pelas Mensagens de SS. Eminências os Senhores Cardeais Grão-Mestre e o Grão-Prior da Lugar-Tenência de Portugal, Patriarca de Lisboa e, também, a de S. Beatitude o Patriarca Latino de Jerusalém, realizou-se a Velada de Armas, na Concatedral do Patriarcado Latino, às 21h00 do dia 2 de Outubro, tendo sido presidida por S. Ex.ª Rev.ma o Bispo Auxiliar e Vigário para Jerusalém do Patriarca Latino de Jerusalém, William Shomali, com a co-presidência do Rev.mo Cerimoniário Eclesiástico Cavaleiro Comendador Padre Gonçalo Portocarrero de Almada, coadjuvado pelos Rev.mos Padres Cavaleiro Miguel Soares de Albergaria d’Aguiar, Cerimoniário Eclesiástico Adjunto, Cavaleiro Paulo Cordovil e Jacinto de Menezes Gonçalves. Para além dos catorze Candidatos e de todos os Cavaleiros e Damas que integravam o grupo de peregrinos, compareceram muitos familiares e amigos que integraram o cortejo que saiu do Knights Palace Hotel até à Concatedral do Patriarcado. No fim da cerimónia, reuniu-se, na Sacristia, o Capítulo da Lugar-Tenência de Portugal no âmbito do qual todos os Candidatos procederam à sua apresentação formal aos Membros da Ordem presentes e justificaram a sua motivação para serem admitidos na Ordem.

 

No dia seguinte, os setenta e cinco peregrinos portugueses saíram em cortejo conduzidos pelo Cerimoniário Leigo, com os Sacerdotes à frente, seguidos por S. Ex.ª o Lugar-Tenente, Chanceler e restantes Cavaleiros, Damas, Candidatos e Acompanhantes, do Knights Palace Hotel até à Basílica do Santo Sepulcro onde teve lugar, das 09h00 às 11h00, a cerimónia da Investidura dos novos Membros da Ordem e a Confirmação dos restantes Cavaleiros e Damas presentes.

 

Esta Investidura foi a segunda realizada nos últimos oitocentos anos naquele Santo local, tendo a cerimónia sido presidida por Mons. William Shomali, coadjuvado pelos Sacerdotes já mencionados.

 

Assistiu como convidado S. Ex.ª o Embaixador de Portugal em Israel, Dr. Miguel de Almeida e Sousa.

 

No fim desta última cerimónia, ainda nesse Santo Lugar, Mons. Shomali entregou a Concha do Peregrino aos Cavaleiros e Damas que, pela primeira vez, participaram numa Peregrinação à Terra Santa.

 

Os Cavaleiros e Damas presentes, retiraram-se em cortejo, pelos souks até junto do Patriarcado, pelo mesmo trajecto e da mesma forma, como haviam iniciado a cerimónia.

 

Nesse dia, foi servido um almoço no Knights Palace Hotel. E, pelas 19h30, S. Ex.ª Rev.ma Mons. William Shomali recebeu para jantar, no Patriarcado, S. Ex.ª o Lugar-Tenente e os membros do Conselho presentes.

 

15.ªs Cerimónias de Investidura, na Sé de Évora – 2011:
Decorreram em Évora, nos dias 12 e 13 de Outubro e constituíram a primeira acção pública da Delegação Sul, reactivada em 2011 sob a presidência do Cavaleiro Comendador Eng.ª José Paulo de Barahona.

 

Contaram com a presença de S. Ex.ª Rev.ma o Núncio Apostólico D. Rino Passigato, de S. Ex.ª o Vice-Governador Geral da Ordem Eng.º Adolfo Rinaldi, do Membro do Grão-Magistério, Conde de Rezende e do representante da Lugar-Tenência de França.

 

Também participaram nas Cerimónias SS.AA.RR os Duques de Bragança, e delegações da Soberana e Militar Ordem de Malta e das Reais Ordens Dinásticas de Nossa Senhora da Conceição de Vila Viçosa e da Rainha Santa Isabel.

 

Entre os vinte candidatos investidos, contavam-se S. Ex.ª Rev.ma o Arcebispo de Évora, novo Prior da Delegação Sul, S.A. a Infanta de Portugal, Senhora D. Maria Adelaide, admitida “motu próprio” como Dama Grã-Cruz por S. Em.ª Rev.ma o Cardeal Grão-Mestre Edwin F. O’Brien, e o General Vasco Rocha Vieira, antigo Governador de Macau e Chanceler das Ordens Militares de Portugal.

 

O programa teve início no dia 12, pelas 16h30, com a Reunião do Capítulo, no Convento dos Lóios (antigo refeitório dos monges) onde foi feita a apresentação formal dos novos Membros. Participaram SS. EE. o Vice-Governador Geral da Ordem Eng.º Adolfo Rinaldi, o membro do Grão-Magistério Conde de Rezende, o Lugar Tenente de Portugal e cerca de 50 Cavaleiros e Damas. A Velada de Armas realizou-se na Igreja do Carmo, sob a presidência do Rev.mo Cerimoniário Eclesiástico Padre Gonçalo Portocarrero de Almada, coadjuvado pelos Rev.mos Padres da Ordem, Paulo Cordovil, João Maria de Sousa Mendes e Miguel Soares d'Albergaria d’Aguiar (Cerimoniário Eclesiástico Adjunto). Nessa Cerimónia foram benzidas as capas e insígnias dos Candidatos e, também, as insígnias atribuídas aos Cavaleiros e Damas promovidos aos quais foram entregues os respectivos diplomas. A cerimónia foi acompanhada por um coro de cantares alentejanos.

 

Seguiu-se jantar, no Palácio dos Duques de Cadaval, onde S. Ex.ª o Vice-Governador Geral da Ordem proferiu um importante discurso.

 

No dia 13, depois da concentração no Convento dos Lóios, os Cavaleiros, Damas e Candidatos, num número perto de oitenta pessoas, seguiram em cortejo até à Sé Catedral de Évora onde foi realizada a Cerimónia de Investidura presidida por S. Ex.ª Rev.ma o Senhor D. José Alves e co-presidida por SS. EE. Rev.mas o Senhor Núncio Apostólico e o Senhor Arcebispo Emérito de Évora e Prior Emérito da Delegação Sul, D. Maurílio de Gouveia, tendo sido coadjuvados pelos Sacerdotes da Ordem presentes, designadamente, Rev.mos Padres Gonçalo Portocarrero de Almada, Miguel Soares d'Albergaria d’Aguiar, João Maria de Sousa Mendes e Paulo Cordovil. A esta cerimónia, com Solene Missa cantada pelo Coro da Sé de Évora, assistiram SS.AA.RR os Duques de Bragança e também os Membros do Grão-Magistério anteriormente referidos. bem como representantes da Soberana e Militar Ordem de Malta, Real Ordem de Nossa Senhora da Conceição de Vila Viçosa e Real Ordem de Santa Isabel.

 

 

Pormenor da Sé de Évora, por ocasião da Cerimónia de Investidura - Outubro de 2011. 

 

O programa foi concluído com um almoço servido no Convento dos Lóios, onde S. Ex.ª o Lugar-Tenente de Portugal proferiu um discurso de encerramento. 

 

14.ªs Cerimónias de Investidura, na Basílica do Santo Sepulcro, em Jerusalém – 2010:
Tiveram lugar em Jerusalém, nos dias 4 e 5 de Outubro de 2010, inseridas no âmbito da Peregrinação organizada pela Lugar-Tenência que envolveu oitenta e duas pessoas, incluindo cinquenta Cavaleiros e Damas.

 

O interesse e a importância deste acontecimento ficaram bem evidenciados pelas inesquecíveis mensagens enviadas por Sua Santidade o Papa Bento XVI, S. Em.ª Rev.ma o Grão-Mestre, Cardeal John P. Foley, S. Beatitude o Patriarca Latino Mons. Fouad Twal e S. Em.ª Rev.ma o Senhor D. José Policarpo, Cardeal-Patriarca de Lisboa.

 

O programa teve início, pelas 20h30 do dia 4 de Outubro, com um cortejo, formado pelos membros da Ordem e Candidatos, que saiu do Knights Palace Hotel até à Concatedral do Patriarcado Latino. Na Sacristia da Concatedral, reuniu-se o Capítulo onde os Candidatos fizeram a sua apresentação formal aos restantes Membros da Ordem presentes.

 

A Velada de Armas iniciou-se às 21h00 na Concatedral, presidida pelo Rev.mo Cerimoniário Eclesiástico Padre Gonçalo Portocarrero de Almada, coadjuvado pelo Rev.mo Cónego do Santo Sepulcro Bernt Besch, afecto ao Patriarcado Latino e pelos Rev.mos Padres João Maria de Sousa Mendes e Miguel Soares de Albergaria d’Aguiar (Cerimoniário Eclesiástico Adjunto) e Paulo Cordovil. Participaram nesta Cerimónia, para além dos Cavaleiros e Damas mencionados, respectivas famílias e amigos, também, SS.EE.ªª o Lugar-Tenente da Bélgica Cavaleiro Grã-Cruz François t’Kint de Roodenbeke e sua Mulher e o Lugar-Tenente de Portugal. No dia 5 de Outubro, pelas 11h00, teve início a Cerimónia de Investidura de dezoito novos Cavaleiros e Damas portugueses, na Basílica do Santo Sepulcro, presidida por S. Beatitude o Patriarca Latino de Jerusalém, coadjuvado pelos Rev.mos representantes de S. Ex.ª Rev.ma o Núncio Apostólico em Israel e do Rev.mo Custódio da Terra Santa e por todos os Sacerdotes da Ordem atrás referidos.

 

Havia mais de oito séculos esta cerimónia não se realizava neste Santo Local.

 

A Investidura foi precedida de um cortejo a pé, formado por todos os Cavaleiros e Damas presentes incluindo SS.EE.ªª os Lugar-Tenentes da Bélgica e de Portugal, que saiu do Patriarcado Latino e atravessou os vários souks árabes, até à Basílica do Santo Sepulcro.

 

Após a Investidura, foi servido um almoço no Kights Palace Hotel com a presença de S. Beatitude, representantes do Núncio Apostólico em Israel e do Custódio da Terra Santa e restante comitiva.

 

O Lugar-Tenente de Portugal proferiu um discurso aos novos Cavaleiros e Damas e de agradecimento ao Senhor Patriarca Latino e a S. Ex.ª o Lugar-Tenente da Bélgica, destacando a importância do apoio à Terra Santa, na resposta tendo o Cavaleiro Grã-Cruz François t’Kint de Roodenbeke elogiado a iniciativa portuguesa, referindo esperar a mesma iniciativa viesse a constituir um precedente para outras Lugar-Tenências.

 

Pelas 15h00, S. Beatitude concedeu uma audiência, no Patriarcado Latino, a todos os Cavaleiros e Damas peregrinos onde proferiu um comovente discurso sobre a relevância desta Investidura na Basílica do Santo Sepulcro, salientando que, tal como os antigos navegadores portugueses tinham aberto novos caminhos ao Mundo, também esta iniciativa de Portugal poderia ser seguida por outras Lugar-Tenências. Seguiu-se a aposição das Conchas de Peregrino nas Capas dos Cavaleiros e Damas que nunca haviam participado numa peregrinação à Terra Santa. 

 

13.ªs Cerimónias de Investidura na Sé Patriarcal de Lisboa – 2008:
Tiveram lugar em Lisboa, nos dias 17 e 18 de Outubro.

 

A Velada de Armas realizou-se às 21h00 do dia 17, na Igreja da Encarnação, tendo-se iniciado a cerimónia de Investidura às 16h00, do dia seguinte, na Sé Patriarcal de Lisboa, presidida por S. Em.ª Rev.ma o Cardeal-Patriarca de Lisboa, D. José Policarpo, Grão-Prior da Lugar-Tenência de Portugal, o qual foi acolitado pelo Cerimoniário Eclesiástico, Rev.mo. Cónego Doutor João Seabra e pelo Rev.do Cavaleiro Padre Miguel Soares de Albergaria d’Aguiar.

 

De Lugar-Tenências estrangeiras, compareceram SS. EE..ªª os Lugar-Tenentes de França e da Bélgica, respectivamente Cavaleiro Grã-Cruz Dr. André Damien e Cavaleiro Grã-Cruz François t’Kint de Roodenbeke e delegados das Lugar-Tenências de Espanha Oriental e Itália.

 

Presentes o Lugar-Tenente, S. Ex.ª o Conde de Rezende, o antigo Lugar-Tenente S. Ex.ª Dr. Eduardo Norte Santos Silva, membros do Conselho e muitos Confrades da Lugar-Tenência de Portugal, para além dos Impetrantes e famílias. Ainda presente, SS.AA.RR. os Duques de Bragança, S.A.R o Senhor D. Henrique, Duque de Coimbra, e a Soberana e Militar Ordem de Malta, representada pelo Presidente do Conselho da respectiva Assembleia, S. Ex.ª o Conde de Albuquerque.

 

Seguiu-se um jantar de gala no Turf Club, em Lisboa. 

 

12.ªs Cerimónias de Investidura, na Igreja dos Mártires, em Lisboa – 2006:
Tiveram lugar em Lisboa, nos dias 27 e 28 de Outubro.

 

No dia 27, a Velada de Armas realizou-se às 21h00 na Igreja dos Mártires, tendo-se iniciado a cerimónia de Investidura às 13h00 do seguinte dia 28, também na Igreja dos Mártires, presidida por S. Em.ª Rev.ma o Cardeal-Patriarca de Lisboa, D. José Policarpo, Grão-Prior da Lugar-Tenência de Portugal, o qual foi acolitado pelo Cerimoniário Eclesiástico, Rev.mo. Cónego Doutor João Seabra e pelo Rev.do Cavaleiro Padre Miguel Soares de Albergaria d’Aguiar.

 

Foram investidos 11 Cavaleiros e 4 Damas.

 

Presentes o Lugar-Tenente, S. Ex.ª o Conde de Rezende, o antigo Lugar-Tenente S. Ex.ª o Dr. Eduardo Norte Santos Silva, membros do Conselho, delegações estrangeiras de Espanha Oriental e Itália, e muitos Confrades da Lugar-Tenência de Portugal. Presentes, também, SS.AA.RR. os Duques de Bragança e ainda S.A.R. o Senhor D. Henrique, Duque de Coimbra, e o Conde de Albuquerque em representação da Soberana e Militar Ordem de Malta.

 

Seguiu-se um jantar de gala no Turf Club, em Lisboa. 

 

11.ªs Cerimónias de Investidura, na Sé Patriarcal de Lisboa – 2004:
Tiveram lugar em Lisboa, nos dias 23 e 24 de Outubro.

 

No dia 23, a Velada de Armas realizou-se desde as 21h30 na Igreja dos Mártires, em Lisboa, tendo-se iniciado a cerimónia de Investidura às 13h00 do seguinte dia 24, na Sé Patriarcal de Lisboa, presidida por S. Em.ª Rev.ma o Cardeal-Patriarca de Lisboa, D. José Policarpo, Grão-Prior da Lugar-Tenência de Portugal, acolitado pelo Cerimoniário Eclesiástico Rev.mo. Cónego Dr. João Seabra, pelo Rev.do Cavaleiro Padre Miguel Soares de Albergaria d’Aguiar e pelo Prior da Sé.

 

Foi investida como Dama Grã-Cruz a Senhora D. Isabel, Duquesa de Bragança, e outros 11 Cavaleiros e 3 Damas.

 

Estiveram presentes S. Ex.ª o Lugar-Tenente Conde de Rezende, o antigo Lugar-Tenente S. Ex.ª Dr. Eduardo Norte Santos Silva, membros do Conselho, delegações estrangeiras de Castela e Leão, da Bélgica, da Escócia, e muitos Confrades da Lugar-Tenência de Portugal, para além dos Impetrantes e respectivas famílias. Em lugares de destaque, SS.AA.RR. os Duques de Bragança. Presentes ainda uma representação da Soberana e Militar Ordem de Malta – composta pelo Presidente do Conselho da Assembleia e Vice-Presidente, respectivamente S.A.R. o Senhor D. Miguel, Duque de Viseu, e Conde de Albuquerque –, representantes de Ordens Dinásticas e entidades oficiais administrativas e militares.

 

Seguiu-se um jantar de gala no Turf Club, em Lisboa. 

 

10.ªs Cerimónias de Investidura na Real Colegiada de Nossa Senhora da Oliveira – 2002:
Tiveram lugar em Guimarães, nos dias 27 e 28 de Setembro.

 

A Velada de Armas realizou-se das 19h00 às 20h30, de 27, na Igreja da Santa Casa da Misericórdia, presidida pelo Deão da Sé Primacial de Braga, Rev.mo Cónego Mons. Eduardo de Melo Peixoto, Cavaleiro Comendador, e foi acompanhada pelo Conjunto de Música de Câmara constituída por músicos da Orquestra de Câmara da Artave. Seguiu- se um jantar, na Pousada de Santa Maria da Oliveira.

 

A cerimónia de Investidura iniciou-se no seguinte dia 28, às 10h30, com a formação do Capítulo e organização do Cortejo, na Real Colegiada de Nossa Senhora da Oliveira. O Cortejo desfilou pelo Largo da Oliveira, onde decorria uma feira medieval, tendo os participantes aberto alas, para que a entrada dos Cavaleiros e Damas se processasse pela porta principal da Igreja da Real Colegiada de Nossa Senhora da Oliveira, onde decorreram as cerimónias litúrgicas, presididas por S. Ex.ª Rev.ma D. Eurico Dias Nogueira, Arcebispo Emérito de Braga, Cavaleiro Grande Oficial, Prior da Delegação do Norte da Ordem, acolitado por diversos Eclesiásticos da Ordem e pelo Abade.

 

Presentes, S. Ex.ª o Lugar-Tenente, Conde de Rezende, o antigo Lugar-Tenente, S. Ex.ª Dr. Eduardo Norte Santos Silva, membros do Conselho, delegações estrangeiras de Castela e Leão, da Bélgica, da Escócia, e muitos Confrades da Lugar-Tenência Portuguesa. Em lugar de destaque, S.A.R. o Senhor D. Duarte, Duque de Bragança. Presentes ainda, uma representação da Soberana e Militar Ordem de Malta – composta pelo Presidente do Conselho da Assembleia e pelo Secretário, respectivamente S.A.R. o Senhor D. Miguel, Duque de Viseu, e o Cavaleiro Alberto de Tavares Barreto –, representantes de Ordens Dinásticas e entidades oficiais administrativas e militares.

 

Foram investidos 14 Cavaleiros, 5 Damas e 3 eclesiásticos como Cavaleiros e as cerimónias foram acompanhadas pelo coro do “Grupo Coral de Azurém”, tendo-se seguido um almoço no Hotel de Guimarães. 

 

9.ªs Cerimónias de Investidura, no Mosteiro dos Jerónimos – 2000:
Tiveram lugar em Lisboa, nos dias 13 e 14 de Outubro.

 

No dia 13, teve lugar a Velada de Armas, na Igreja da Memória, na Ajuda, com início às 22h00, seguindo-se a cerimónia da Investidura, no dia 14, no Mosteiro dos Jerónimos, com início às 11h00 e presidida por S. Em.ª Rev.ma o Cardeal Grão-Mestre, Carlo Furno, na presença de S. Ex.ª Rev.ma o Patriarca de Lisboa, D. José Policarpo, Grão Prior, e do Lugar-Tenente S. Ex.ª o Conde de Rezende.

 

Presentes ainda o antigo Lugar-Tenente S. Ex.ª Dr. Eduardo Norte Santos Silva, membros do Conselho e muitos Confrades, para além de várias delegações de Lugar- Tenências estrangeiras, algumas com a presença dos respectivos Lugar-Tenentes.

 

Durante a Santa Missa fez-se ouvir o “Coro Laudate” de S. Domingos de Benfica, dirigido pelo seu Maestro José Eugénio Vieira e constituída por 50 elementos, e também a Fanfarra Militar do Regimento de Infantaria n.º 1, da Carregueira.

 

Foram investidos S.A.R. o Senhor D. Duarte, Duque de Bragança, como Cavaleiro Grã-Cruz, seguindo-se outros 13 Cavaleiros, 1 Dama e, na altura própria da celebração, 1 Eclesiástico (como cavaleiro). Após a cerimónia religiosa, foi servida, no Mosteiro dos Jerónimos, uma refeição ligeira.

 

Para culminar as cerimónias, houve um Jantar de Gala, no Palácio dos Marqueses de Fronteira, em Benfica. 

 

8.ªs Cerimónias de Investidura, na Sé Primacial de Braga – 1998:
As cerimónias da 8.ª Investidura tiveram lugar em Braga nos dias 10 e 11 de Junho.

 

No dia 10, pelas 22h00, teve lugar a Velada de Armas na Igreja da Penha de França. A cerimónia da Investidura propriamente dita teve lugar na Sé Primacial de Braga, a 11, sendo as cerimónias religiosas presididas por S. Ex.ª Rev.ma D. Eurico Dias Nogueira, Arcebispo Primaz de Braga e das Espanhas, Cavaleiro Grande Oficial da Ordem, na presença de S. Ex.ª o Lugar-Tenente Cavaleiro Grã-Cruz Dr. Eduardo Norte Santos Silva, da quase totalidade dos membros do Conselho e de uma numerosa participação de Confrades da Lugar-Tenência de Portugal.

 

Foram investidos 12 Cavaleiros e 4 Damas.

 

Antes de dispersar o Capítulo, S. Ex.ª o Lugar-Tenente Dr. Eduardo Norte Santos Silva, entregou simbolicamente o seu cordão de chefia ao futuro Lugar-Tenente, o Cavaleiro Grã-Cruz D. João de Castro de Mendia, Conde de Rezende, situação que seria oficializado na Consulta que teve lugar em Roma, na Sede da Ordem, de 12 a 16 de Outubro, com a presença de S. Em.ª Rev.ma o Cardeal Carlo Furno, Grão-Mestre, acompanhado de S. Ex.ª o Governador, Conde de Artenisio, e dos Lugar-Tenentes estrangeiros ou seus representantes.

 

A Soberana e Militar Ordem de Malta fez-se representar pelo Cavaleiro de Obediência Eng.º Luis Pizarro de Castro. 

 

7.ªs Cerimónias de Investidura, no Mosteiro da Batalha – 1995:
Tiveram lugar em Lisboa, na Batalha e em Fátima, nos dias 11 e 12 de Julho de 1995.

 

No dia 11, S. Ex.ª o Lugar-Tenente Dr. Eduardo Norte Santos Silva ofereceu um Porto de Honra no Hotel Altis, em Lisboa, aos presentes, tendo, pelas 22,00 horas tido lugar a Velada de Armas na Igreja de S. José, em Lisboa.

 

No dia 12, pelas 16,30 horas, procedeu-se à cerimónia de Investidura, no Mosteiro da Batalha, sendo celebrante S. Ex.ª Rev.ma o Arcebispo Primaz de Braga, Cav. Gr. Of. D. Eurico Dias Nogueira, Prior da Delegação Norte.

 

Estiveram presentes delegações, entre outras, da Lugar-Tenência da Alemanha, Bélgica, de Castela e Leão, da Escócia e da França, bem como o Delegado Magistral de Gibraltar. Presentes, também, S. Ex.ª Rev.ma D. Serafim Ferreira da Silva, Bispo de Leiria-Fátima, o Presidente em exercício da Assembleia dos Cavaleiros Portugueses da Soberana e Militar Ordem de Malta, S. Ex.ª o Prof. Doutor Martim Côrte-Real de Albuquerque, o Presidente da Câmara Municipal da Batalha, um representante de S. Ex.ª o Chefe do Estado-Maior da Armada e S. Ex.ª o General 2.º Comandante da Região Militar Norte.

 

O Orfeão, constituído por 85 elementos, e os 39 elementos da Orquestra Sinfónica do Norte, entoaram magníficos cânticos, que ecoaram pelo Mosteiro, criando um ambiente de grande religiosidade que a todos muito tocou.

 

Após a Santa Missa, no decorrer da qual foram investidos 12 Cavaleiros e 4 Damas, teve lugar a homenagem ao Soldado Desconhecido, na Sala do Capítulo, na presença das Autoridades Militares e Civis de uma Guarda de Honra e da Fanfarra da Região Militar Norte. Pelo 2.º Comandante da Região Militar Norte e por S. Ex.ª o Lugar-Tenente foram, então, colocadas duas coroas de flores no túmulo, tendo o Coronel António Feijó de Andrade Gomes, na qualidade de Chefe de Gabinete de S. Ex.ª o General Comandante da Região Militar do Norte, proferido uma tocante oração, tendo o toque de sentido e dos mortos constituído um outro momento de grande emoção.

 

Pelas 21,15 horas, os membros da Ordem participaram nas cerimónias religiosas de Fátima, integrando-se na Procissão das Velas, envergando o hábito. 

 

6.ªs Cerimónias de Investidura, na Sé Patriarcal de Lisboa – 1993:
Teve lugar nos dias 3 e 4 de Dezembro, no dia 3, após um Porto de Honra oferecido por S. Ex.ª o Lugar-Tenente Cav. Gr. Cr. Dr. Eduardo Norte Santos Silva, no Turf Club, tendo-se realizado a Velada de Armas, que teve início pelas 22,00 horas, na Sé Catedral de Lisboa, presidida pelo Cerimoniário Eclesiástico, Cav. Com. Mons. António Ferreira de Melo.

 

No dia 4, durante a Santa Missa, que teve início pelas 15,30 horas, sob a presidência de S. Em.ª Rev.ma o Cardeal-Patriarca de Lisboa, Cav. Gr. Cruz e Grão-Prior da Ordem em Portugal, procedeu-se às investiduras tendo sido investidos 1 Cavaleiro Grande Oficial e 13 Cavaleiros.

 

Após a Santa Missa foram entregues os diplomas aos membros da Ordem que ascenderam de grau: 2 Cavaleiros Grandes Oficiais, 8 Cavaleiros Comendadores e 1 Dama de Comenda.

 

Presentes, o Conselheiro da Nunciatura, S.A.R. o Duque de Bragança, um representante da autoridade Militar, o Marquês de Monfalim, em representação da Soberana e Militar Ordem de Malta, um representante das Ordens Dinásticas da Casa Real de Sabóia, para além de representações de diversas Confrarias.

 

Terminadas as cerimónias religiosas, houve um jantar de gala no Convento da Trindade. 

 

5.ªs Cerimónias de Investidura, na Sé Primacial de Braga – 1991:
Tiveram lugar nos dias 11 e 12 de Outubro, no dia 11 tendo decorrido a cerimónia de Velada de Armas na Sé Primacial de Braga, mesmo local em que se procedeu às Investiduras dos novos Cavaleiros e Damas.

 

16 Cavaleiros e 5 Damas foram investidos por S. Ex.ª Rev.ma o Arcebispo Primaz de Braga Cav. Gr. Of. D. Eurico Dias Nogueira, Prior da Delegação do Norte, na presença de S. Ex.ª o Lugar-Tenente Cav. Gr. Cr. Dr. Eduardo Norte Santos Silva.

 

Foram depois distribuídos os diplomas de 03 elevações ao grau de Cavaleiro Grande Oficial.

 

S.A.R. o Duque de Bragança fez-se representar nas cerimónias por S.A.R. o Duque de Coimbra, encontrando-se ainda presentes S. Ex.ª Rev.ma o Núncio Apostólico, S. Ex.ª Rev.ma o Bispo de Viana do Castelo, o Prof. Doutor Martim Côrte-Real de Albuquerque em representação da Soberana e Militar Ordem de Malta, representantes das entidades militares e civis, e numerosos Cavaleiros e Damas da Lugar-Tenência de Portugal e seus familiares. 

 

4.ªs Cerimónias de Investidura, na Sé Patriarcal de Lisboa – 1990:
Tiveram lugar em Lisboa nos dias 6 e 7 de Julho de 1990.

 

No dia 6 de Julho, em honra de S. Em.ª Rev.ma o Cardeal Grão-Mestre Giuseppe Caprio, das Lugar-Tenências estrangeiras presentes e dos Cavaleiros e Damas da Lugar-Tenência de Portugal, S. Ex.ª o Lugar Tenente Cav. Gr. Cr. Dr. Eduardo Norte Santos Silva, ofereceu na sua casa, em Mem Martins, um cocktail de boas vindas, pelas 22,30horas desse dia tendo-se iniciado a Velada de Armas, na Igreja de Santa Maria de Sintra.

 

No dia 7 de Julho, teve lugar, na Sé Patriarcal de Lisboa, a Investidura dos Cavaleiros da Lugar-Tenência de Portugal, presidida por S. Em.ª Rev.ma o Cardeal Grão-Mestre da Ordem.

 

Presentes ainda o Grão-Prior da Lugar-Tenência de Portugal, S. Em.ª Rev.ma o Cardeal- Patriarca de Lisboa, D. António Ribeiro, S. Ex.ª Rev.ma o Núncio Apostólico, os dois Lugar- Tenentes de Espanha e representantes das Lugar-Tenências de França, Escócia e Itália e da Delegação Magistral de Gibraltar, bem como uma delegação da Soberana e Militar Ordem de Malta e da Irmandade da Sé.

 

A banda da P.S.P. actuou durante a Missa, em alternância com o coro e a organista da Sé.

 

Foram investidos 1 Cavaleiro com o grau de Grande Oficial, 14 Cavaleiros, 4 Damas, 1 Eclesiástico como Cavaleiro Grande Oficial e 2 Eclesiásticos como Cavaleiros.

 

Seguiu-se um almoço restrito no Turf Club em que estiveram presentes SS. Em.ªs e SS. Ex.ªs Rev.mas, S.A.R. o Infante Dom Henrique, Lugar-Tenências estrangeiras e membros do Conselho da Lugar-Tenência de Portugal. Nesta ocasião, S. Em.ª Rev.ma o Cardeal Grão-Mestre impôs a condecoração de Cavaleiro Grande Oficial a S. Ex.ª Rev.ma o Núncio Apostólico.

 

Pelas 19,00 horas, houve uma recepção na Torre de Belém. 

 

3.ªs Cerimónias de Investidura, na Sé Primacial de Braga – 1989:
Tendo tido lugar nos dias 2 e 3 de Dezembro, no dia 2, foi a Ordem homenageada com um "Porto de Honra" na Câmara Municipal de Braga, onde recebeu as boas-vindas do Vice-Presidente da Câmara daquela município, seguindo-se a Velada de Armas numa das Capelas da Sé.

 

No dia 3, a solene Investidura coincidiu com as bodas de prata episcopais de S. Ex.ª Rev.ma D. Eurico Dias Nogueira, Arcebispo Primaz de Braga, que presidiu, tendo a Santa Missa sido concelebrada por SS. Ex.ªs Rev.mas os Bispos Auxiliares de Braga, D. Jorge Ortiga e D. Carlos Pinheiro, o Arcebispo de Lamego, o Bispo de Aveiro, 3 Bispos de Angola, o Bispo resignatário de Viseu e o Cabido da Sé.

 

Presentes, S.A.R. o Infante Dom Henrique, Duque de Coimbra, por si e em representação de S.A.R. o Senhor Dom Duarte, Duque de Bragança, o Vice-Chefe do Estado Maior da Armada, o Comandante Militar de Braga, o Vice-Presidente da Câmara Municipal daquela cidade, a Soberana e Militar Ordem de Malta, representada pelo Cav. de Honra e Devoção Vasco Jácome de Sousa Pereira de Vasconcelos, o Reitor da Universidade do Minho e o Director da Faculdade de Filosofia e Teologia de Braga. Estiveram ainda presentes S. Ex.ª o Lugar-Tenente, 31 Cavaleiros e 2 Damas e, ainda, o Lugar-Tenente de Aragão, Catalunha e Baleares, S. Ex.ª o Conde de St. Llorens del Munt e sua Mulher, também Dama da Ordem.

 

Os Cavaleiros foram sucessivamente investidos por S. Ex.ª Rev.ma o Arcebispo Primaz, que a cada um tocou, simbolicamente, com a espada, tendo sido investidos 8 Cavaleiros e 1 Eclesiástico.

 

Seguiu-se um almoço no Bom Jesus. 

 

2.ªs Cerimónias de Investidura, na Sé de Angra do Heroísmo – 1988:
No dia 5 de Novembro, decorreu a Velada de Armas na Igreja do Colégio dos Jesuítas, seguindo-se, no dia 6 de Novembro, as cerimónias da Investidura na Sé daquela cidade, presididas por Sua Ex.ª. Rev.ma D. Aurélio Granada Escudeiro, Bispo de Angra do Heroísmo, coadjuvado entre outros eclesiásticos, pelo Rev.do Padre João Maria Borges da Costa de Sousa Mendes, Cavaleiro da Ordem do Santo Sepulcro.

 

Presentes, S. Ex.ª o Lugar-Tenente Dr. Eduardo Norte Santos Silva, o Tesoureiro Dr. João Ferreira da Fonseca e o Cerimóniário Leigo Dr. Marcus Soares de Albergaria de Noronha da Costa, bem como os representantes da Lugar-Tenência inglesa, da Soberana e Militar Ordem de Malta e da Ordem de S. Miguel da Ala e, ainda, o Capitão do Porto de Angra e um representante da Ordem dos Advogados, para além de outras entidades oficiais.

 

O grupo Coral da Sé para além de estar presente na Velada de Armas, participou na cerimónia da Investidura, onde também actuou um terno militar de trompetes e caixa.

 

Foram investidos 7 Cavaleiros. 

 

1.ªs Cerimónias de Investidura, na Sé Patriarcal de Lisboa – 1988:
Tendo, no dia 15 de Janeiro, havido um "Porto de Honra", no Palácio da Mitra, gentilmente cedido pela Câmara Municipal de Lisboa, no qual esteve presente S.A.R. o Duque de Bragança, numerosas entidades oficiais e membros da Ordem, seus familiares e amigos, seguiu-se, na mesma data, a Velada de Armas na Igreja de São José dos Carpinteiros. Encontravam-se presentes delegações de Espanha, Inglaterra, Bélgica e Holanda, tendo sido orientador eclesiástico o Rev.do Padre Doutor Joaquim Carreira das Neves, O.F.M.

 

No dia 16 de Janeiro, às 11,30 horas, realizou-se a Investidura, na Sé Patriarcal, presidida por S. Em.ª Rev.ma o Senhor D. António Ribeiro, Cardeal-Patriarca de Lisboa e Grão-Prior da Ordem, encontrando-se presentes, entre outras entidades oficiais, S. Ex.ª Rev.ma o Núncio Apostólico, o Chanceler das Ordens Portuguesas, Marechal António de Spínola, o Vice-Chefe do Estado Maior da Armada Contra-Almirante António Barreto Ferraz Sacchetti (Granja), representações da Soberana e Militar Ordem de Malta, da Ordem de Nossa Senhora da Conceição de Vila Viçosa, da Ordem de S. Miguel da Ala, da Real Irmandade da Santa Cruz e Passos da Graça, da Venerável Irmandade do Santíssimo Sacramento da Sé Patriarcal de Lisboa e da Real Hermandad de Infanzones de Nossa Senhora da Caridade de Illescas.

 

Foram investidos 11 Cavaleiros, 1 Dama e 1 Eclesiástico.

 

Seguiu-se um jantar no "Turf Club" oferecido pela Lugar-Tenência de Portugal às delegações estrangeiras, encontrando-se entre os 85 presentes S. Ex.ª Rev.ma o Núncio Apostólico e o Marquês de Monfalim, Presidente da Direcção do Turf Club.

 

Actualize a informação sobre a Ordem de Cavalaria do Santo Sepulcro de Jerusalém
e sobre a Terra Santa, através do site da Lugar-Tenência de Portugal.

Tel: +351 213 426 853

Fax: +351 213 474 350

Rua do Alecrim, 72 -R/CDto. 1200-018 Lisboa

© Ordem de Cavalaria do Santo Sepulcro de Jerusalém

Desenvolvido por:

Web design por: